greve-caps-sorocaba

Por falta de pagamento, funcionários do Vera Cruz, Caps e Residências Terapêuticas iniciam nova greve

via Diário de Sorocaba

Por falta de pagamento do salário referente ao mês de novembro e da primeira parcela do décimo-terceiro, os 230 funcionários do Hospital Psiquiátrico Vera Cruz, na Rodovia Raposo Tavares, e os 120 do Centro de Atenção Psicossocial (Caps) e das Residências Terapêuticas (RTs) da cidade deflagraram nova greve nesta segunda-feira (12). Segundo o presidente do Sindicato dos Auxiliares e Técnicos Empregados em Estabelecimentos de Serviços de Saúde de Sorocaba e Região (SinSaúde Sorocaba), Milton Sanches, apenas 30% do efetivo estava trabalhando ontem.

De acordo com Sanches, a Associação Paulista de Gestão Pública (APGP), empresa que administra o Vera Cruz, deveria ter feito o pagamento do salário dos funcionários na última terça-feira (6), enquanto a primeira parcela do décimo-terceiro deveria estar na conta dos trabalhadores desde o dia 30 de novembro. Está é a segunda paralisação realizada pela categoria em pouco mais de um mês. No dia 16 de novembro, a categoria já paralisou as atividades por atrasos de salários, pagos no dia seguinte.

Na sexta-feira (9), a Prefeitura garantiu que fez um repasse de mais de R$ 400 mil à APGP. Porém, segundo apurado pelo Sindicato, esse valor foi destinado pela empresa ao pagamento de fornecedores e, “portanto, os funcionários continuaram sem os seus salários”. “Acho que eles anunciaram esse repasse para ganhar tempo e conseguir desmanchar o movimento”, afirmou também ontem o vice-presidente do SinSaúde, Elielson Farias.

Segundo informações obtidas pelo Sindicato junto a um funcionário de RH da APGP, um novo repasse da Prefeitura é esperado para quinta-feira (15). De acordo com a entidade, até esta data os trabalhadores deverão continuar com a paralisação, mantendo 30% do quadro de funcionários em respeito aos mais de 300 pacientes ainda recolhidos ao Hospital Vera Cruz, até que os valores caiam em suas contas.

Por meio de nota, aAPGP confirma os atrasos nos pagamentos dos funcionários, porém aguarda pelo repasse de verbas da Prefeitura de Sorocaba, que garantiu que isso ocorrerá dentro de poucos dias.




Sem comentários

Adicione um comentário