medicina-natural

No SESC Sorocaba, debate sobre equilíbrio do corpo, alma e natureza

O SESC Sorocaba realiza nesta quinta-feira, dia 20, a partir das 19h, uma conversa sobre medicina da floresta e a busca do equilíbrio físico e emocional e sua harmonia com a natureza. Com Thydjo, tribo Kariri-xocó e mediação do psicólogo Sérgio Garcia, a roda de conversa vai vai abordar o uso das plantas e dos alimentos nas culturas indígenas.
Na perspectiva da perspectiva da medicina da floresta, as plantas e o que comemos são elementos centrais para o equilíbrio do ser com o mundo dos antepassados, os animais e a natureza. Seja em rituais ou na própria sacralidade das refeições, esses povos cultivam a vida plena, saudável e harmoniosa.

A disparidade desse modo de vida com a noção de doença, morte e péssimos hábitos alimentares das sociedades “ocidentais”, com suas medicinas químicas, gera conflitos e problemas extremamente perigosos para a população indígena, enquanto o contrário, a influência do equilíbrio tem um potencial imenso de contribuir para a cura de males modernos.
A atividade desta quinta feira é gratuita – convites devem sr retirados com 1h de antecedência – e é parte do projeto Povos Sagrados, que tem como objetivo discutir a questão indígena no Brasil, a partir de quatro eixos fundamentais: a demarcação de terras; o preconceito e o massacre; o indígena como protagonista; e as manifestações culturais e artísticas dos povos indígenas e seu intercâmbio no cenário nacional. A curadoria das ações foi realizada em conjunto com o CTI – Centro de Trabalho Indigenista.



Sem comentários

Adicione um comentário