Arnô

Militantes de esquerda e direita entram em confronto em Sorocaba

O clima de tensão política também está presente em Sorocaba. Na noite desta sexta-feira, dia 04, militantes do PSDB e de forças de esquerda entraram em confronto na avenida Antonio Carlos Comitre. Ficou pior para Arnô Pereira, que atualmente é assessor do deputado tucano Vitor Lippi, mas que já foi metalúrgico, vendedor ambulante e vereador pelo PT. Na confusão, Arnô foi ferido na boca.

O confronto ocorreu na esquina da avenida Antônio Carlos Comitre com a rua Frederico Julio. No local, militantes do PSDB distribuíram adesivos para criticar o ex-presidente, levado coercitivamente para prestar depoimento à Polícia Federal em São Paulo.

Após convocação feita por redes sociais por militantes da juventude do PSDB, cerca de 30 pessoas distribuíam adesivos com duas mãos algemadas. Uma das mãos tinha apenas quatro dedos, numa referência ao ex-presidente Lula.

Via BandFM

Mas na mesma avenida havia cerca de 30 militantes do PT e de movimentos sociais, que também se manifestavam em defesa do Estado Democrático de Direito e criticavam o teor violento e inadequado da decisão do Juiz Sérgio Moro.

No encontro dos dois grupos, houve muita confusão e o ex-petista, agora do outro lado, ficou com a boca sangrando.

Após a confusão, Arnô Pereira foi à Delegacia de Polícia Participativa (DPP) da zona sul com o objetivo de prestar queixa contra o presidente do PT, vereador Izidio de Brito.

Foto: Jornal Cruzeiro do Sul




Existem 2 comentários

Adicione um comentário

Post a new comment