orcamento-sorocaba

Há um rombo de R$ 809 milhões na Prefeitura de Sorocaba, aponta o Tribunal de Contas

O Tribunal de Contas do Estado (TCE) fez uma avaliação da situação  das contas da prefeitura de Sorocaba nos primeiros quatro meses de 2016 e apontou uma série de questões relacionadas a análise das despesas assumidas nos últimos quatro bimestres (Art. 42 da LRF) e a situação de deficit  na prefeitura.

O próprio Tribunal de Contas, ao fazer a análise das despesas assumidas nos últimos quatro bimestres (Art. 42 da LRF), mostra que haverá um deficit de  liquidez de quase R$ 229 milhões até o final deste ano e que somente nos primeiros quatro meses chega a R$ 1 bilhão. Se isto se concretizar as contas poderão ser rejeitas pelo Tribunal de Contas. O que alerta o TCE sobre o assunto:

“A verificação da situação de liquidez apresenta déficit no resultado do período atual e no projetado para o exercício revelando-se desfavorável frente ao adimplemento dos compromissos, comprometendo, por consequência, a execução orçamentária e liquidez financeira do período restante do presente exercício, fato esse que merece toda a atenção da Administração, devendo ser alertada para os ajustes necessários frente aos impedimentos previstos no artigo 42 da Lei de Responsabilidade Fiscal.”

gf37-tribunal-de-contas

A prefeitura de Sorocaba teve nos primeiros quatros meses deste ano uma receita de R$ 672,7 milhões e uma despesa de R$ 1,482 milhões, ou seja, aponta para um rombo no orçamento de R$ 809,5 milhões e que representa 120,34% da receita realizada. O alerta do Tribunal de Contas é:

“O Resultado Geral da Execução Orçamentária, apurado com base nos dados enviados pela origem, demonstra que o órgão registrou um déficit no período, correspondendo a -120,34% da receita realizada.”

ANALISE5-1

A situação é difícil, cabe aos vereadores cobrarem explicações da prefeitura e que esta tome providências para evitar esse triste cenário desenhado pelo Tribunal de Contas.

Baixe o relatório do Tribunal de Contas clicando aqui ou aqui




Existem 3 comentários

Adicione um comentário

Post a new comment