580_580-20150415102938115-img226420150526084530154

Greve dos trabalhadores do transporte público está suspensa em Sorocaba

Sindicato dos Rodoviários de Sorocaba e Região e empresas operadoras do transporte urbano no município de Sorocaba – Sorocaba Transporte Urbano (STU) e Consórcio Sorocaba (Consor) – não chegaram a um consenso na audiência de conciliação realizada na manhã desta segunda-feira (30), no Tribunal Regional do Trabalho (TRT), 15ª Região de Campinas, mediada pelo desembargador Eder Sivers.

Porém, em mais uma demonstração de disposição para se chegar a um acordo, o Sindicato aceitou suspender a greve em Sorocaba até a próxima quarta-feira (1), quando irá acontecer mais uma audiência de conciliação no TRT-15ª.

A empresa Auto-Ônibus São João não é parte do processo apreciado na audiência realizada hoje.

Paralisação em Votorantim

A primeira audiência de conciliação com a Auto-Ônibus São João, operadora do transporte urbano em Votorantim, também irá acontecer na próxima quarta-feira (1).

Diante de permanência do impasse nas negociações da campanha salarial dos trabalhadores em transporte urbano de Votorantim, a categoria poderá retomar a greve a partir das 17h de hoje (30). O Sindicato informa que a paralisação seguirá o determinado pela liminar concedida pela Justiça às empresas, sendo 70% da frota em circulação em horário de pico e 40%, nos demais horários.

Histórico

A data-base da categoria é 1º de maio. Na negociação da campanha salarial as empresas apresentaram proposta de reajuste abaixo da inflação, a qual foi rejeitada pelos trabalhadores em assembleia realizada no dia 18 de maio e levou a categoria a decretar estado de greve.

Sindicato e empresas permaneceram em negociação até a noite do dia 24, quando as empresas, após apresentarem proposta de reajuste salarial mais vantajosa, retiraram tudo da mesa e voltaram à proposta já rejeitada pela categoria.

A greve foi suspensa no final da tarde do dia 25, para retomada de negociação entre Sindicato e empresas, incluindo a audiência de conciliação.




Sem comentários

Adicione um comentário