Cruzeiro Habitação

Câmara de Sorocaba instala CPI para investigar cadastro da habitação

Via Câmara Municipal

A Câmara de Sorocaba instalou uma CPI, nesta terça-feira (24), para investigar a regularidade do recadastramento das inscrições da habitação, que há mais de uma semana vem fazendo pessoas passarem a noite ao relento em filas na Secretaria de Habitação, no centro.

A proposta partiu do líder do DEM, José Crespo, e teve o apoio de nove dos 20 vereadores, dois a mais que o mínimo exigido pelo regimento interno, um deles o presidente da Câmara, José Francisco Martinez (PSDB), que é do mesmo partido do prefeito.

Dada a urgência da apuração, os nove membros já se reuniram durante a sessão ordinária desta terça-feira e elegeram José Crespo como presidente e Marinho Marte (PPS) como relator, além de definir a primeira convocação para a próxima terça-feira (31), às 12h15.

Os vereadores vão ouvir nesse dia o secretário Toni Silveira, titular da Secretaria de Mobilidade, Desenvolvimento Urbano e Obras. Ele será ouvido porque substitui a secretaria de Habitação e Regularização Fundiária, Julia Galvão Andersson, que está em férias até junho.

“Temos urgência em saber as razões que levaram a Prefeitura a fazer um novo cadastro e a expor a população a todo esse sofrimento, já que existe um cadastro apurado antes de serem iniciadas as obras dos conjuntos habitacionais, que foi desprezado”, disse José Crespo.

O vereador entende que houve danos aos cidadãos com essa mudança, pois o novo cadastramento não era necessário e poderia ter sido feito pela internet para não causar o transtorno que causou aos cidadãos e ao trânsito da região em torno da secretaria.

“A conclusão a que chegamos é que tudo foi feito para beneficiar eleitoralmente um dos funcionários do setor, que é candidato a vereador nas próximas eleições, e vamos apurar essa questão, porque a Prefeitura não pode beneficiar nenhum candidato”, afirmou o vereador.

Foto: Cruzeiro do Sul




Sem comentários

Adicione um comentário